*** Faça parte do nosso mundo - Blog Webilac ***

03 abril 2007

“Para a arte de viver, é preciso saber a arte de ouvir, sorrir e ter paciência... sempre”

(Herman Hesse )

Dissemine a arte da gentileza...



Como seria bom se, quando acordássemos, já recebêssemos sorrisos, um bom-dia encantador e durante todo o tempo fôssemos contemplados com muita gentileza. Mas o mundo está cheio de pessoas que acham que têm sempre razão, só querem falar delas e fazem mais críticas do que elogios. Sabe qual é o problema? Essas pessoas não conhecem a arte da gentileza.
Segundo Winn Claybaugh, autor do livro Seja Gentil, da editora Gente, mesmo sendo difícil a convivência com pessoas desse tipo, precisamos respeitá-las, ouvi-las, mas agir diferente delas, para, quem sabe, ajudá-las. Assim, também, nos ajudaremos. Mas, antes de contribuir para que a gentileza impere você deve ser gentil consigo. Esse é um dos primeiros conselhos sugeridos por Claybaugh: “Não se pode dar aquilo que não tem. É difícil ser gentil com os outros quando não se é gentil consigo”. Para o autor, as pessoas devem cultivar a auto-estima para que sejam gentis com elas mesmas. Assim, acabam sendo gentil com os outros.
A arte da gentileza também é um dos principais temas da edição de março da revista Motivação. Em um artigo exclusivo, Ômar Souki explica que ser gentil é uma questão de prática e, portanto, não devemos desperdiçar as oportunidades de sermos gentis em casa ou no trabalho. “Agindo assim, quando você encontrar seus clientes, estará condicionado a ser gentil. Por isso é importante ser amável com todas as pessoas, para que, em qualquer situação, a sua reação natural seja suave”. Ômar lembra que o mundo está muito corrido, e as pessoas focadas demais em si. “Raramente, alguém para e oferece um pequeno gesto de carinho para o semelhante. Quando você faz isso, espontaneamente, dá a sua atenção e o seu amor fraterno. Você se diferencia se destaca e passa a ser lembrado.”
Para Ômar Souki e Winn Claybaugh, a gentileza abre portas, garante uma boa imagem e nos faz tocar o coração das pessoas. Eu tenho prestado mais atenção no quanto estou sendo gentil comigo e com os outros e descubro, cada vez mais, como isso faz bem. Então, vou propor uma idéia: que tal você começar a ser assim com todos, sejam eles gentis ou não?


Pode ter certeza de que será uma grande contribuição para contagiar as pessoas com a arte de ser gentil. Podemos não conseguir mudar o mundo inteiro, mas devemos e podemos melhorar o nosso.

Boa Semana - Equipe WEBILAC

Links to this post:

Criar um link

<< Home